Para economizar na construção, primeiro, você precisa fazer um investimento que vai compensar durante a realização da obra e ao longo dos anos que é a contratação de um profissional essencial, o engenheiro.

Esse profissional pode te ajudar inclusive com o andamento de outras etapas muito importantes para o início da obra, o planejamento, o projeto, a documentação necessária, a verificação das condições do terreno e a indicação de mão de obra.

O planejamento é uma dessas etapas importantes, que até mesmo uma construção menor se beneficia com ela. No planejamento, são analisadas as expectativas em relação ao resultado, o orçamento disponível para a realização da obra e como ele será mais bem distribuído, o tempo estimado, como serão desenvolvidas as etapas e quais profissionais serão necessários, além de uma estimativa do material que será necessário.

Uma outra fase que deve ser levada em conta é a análise do terreno, com averiguação de desnível e tipo de solo. Esse procedimento vai influenciar no desenvolvimento do projeto.

Já o projeto é uma etapa em que se define, por exemplo, o espaço de cada cômodo da casa. Os cálculos que são feitos pelo profissional especializado garantem a harmonia e o bom aproveitamento do espaço.

Garanta também toda a documentação exigida pela prefeitura de sua cidade antes de dar início à obra e pague as taxas da documentação. É importante se informar junto à prefeitura quais são esses documentos, pois pode haver mudança de exigências de acordo com o que é determinado em cada cidade.

Com todos os documentos em mãos, é hora de iniciar a construção e você vai precisar de pedreiros. Antes de contratar o serviço do profissional, peça indicação tanto para o engenheiro quanto para pessoas conhecidas que já precisaram desse serviço. Não se esqueça de fazer um contrato, que vai tornar esse processo mais seguro tanto para o contratante para o contratado.

E, na escolha dos materiais para construir, opte pela qualidade. Faça orçamentos, avalie a durabilidade, verifique se o produto segue as normas da ABNT. Essas são orientações que vão fazer a diferença tanto durante a obra quanto depois de concretizada, evitando que sejam necessárias correções com o passar do tempo.