The girl washes the stove with a blue sponge in yellow gloves

Os cuidados de higiene pessoal são nossos aliados para prevenir contra o contágio por Coronavírus e a limpeza da casa também é importante para esse objetivo.

Confira algumas informações:

Produtos:

Os produtos básicos ajudam a eliminar o vírus. Segundo os infectologistas, ele possui uma capsula protetora de gordura e remover essa capsula extermina o vírus.

Os principais produtos para a limpeza são água e sabão, álcool em gel e água sanitária.

Partes da casa:

Algumas partes podem ser esquecidas. O infectologista Sidnei Rodrigues, em entrevista ao R7, lembrou que é importante limpar a maçaneta da porta logo após entrar em casa e também as chaves, uma por uma. A limpeza pode ser feita com um pano com álcool em gel. Cuidado para não exceder na quantidade de álcool, que deve ser suficiente apenas para limpar, sem molhar as chaves ou a maçaneta.

As roupas, de acordo com ele, devem ser retiradas logo ao chegar e mantidas no cesto até serem lavadas. Água e sabão desinfetam as roupas.

O chão deve ser limpo com água e sabão neutro e nas superfícies podem ser usadas álcool 70% e até um pano com detergente.

Eletrônicos:

Sidnei ressalta que é importante limpar os eletrônicos e dispositivos, objetos com os quais mantemos contato prolongado. Utilize álcool em gel e um pano para limpar o controle remoto da TV, os celulares e computadores. (Observação, a quantidade do álcool não pode ser excessiva, apenas o suficiente para limpar e não molhar os objetos).

Itens vindos do supermercado:

Ainda segundo a matéria, é preciso limpar embalagens logo após a compra. Elas podem ser lavadas com água e sabão.

Casos suspeitos e quarentena:

O Bem Estar preparou uma matéria para esclarecer dúvidas sobre como deve ser o convívio e compartilhamento dos cômodos da casa em casos suspeitos.

A preferência é para separar um quarto e um banheiro para uso restrito de quem estiver com suspeita do Coronavírus. Em caso de haver apenas um quarto, a indicação é para quem a pessoa com os sintomas fique no quarto e a outra fique durma na sala para evitar o contágio.

Quem ficar isolado deve permanecer no quarto com a porta fechada e com a janela aberta, porque o ambiente deve estar ventilado, mas a porta fica fechada para evitar contágio dos outros moradores.

O banheiro também não deve ser compartilhado e, se caso não for possível adotar essa ação, logo após o uso a própria pessoa que apresenta os sintomas deve higieniza-lo, o vazo, a pia, a torneira, a descarga, devem ser desinfetados e a maçaneta da porta também.

Não devem ser compartilhados copo, talheres, pratos, toalhas, sabonete, pasta de dente. Sofá e colchão também não devem ser compartilhados por uma pessoa infectada ou com suspeita e uma pessoa que não apresenta sintomas da doença.

A roupa de cama deve ser retirada pela própria pessoa infectada. Ela deve embalar a roupa até leva-la para lavar.

Quem fizer a limpeza da casa deve usar equipamentos de proteção como máscara, óculos, luvas, avental e botas.

O lixo também merece atenção neste momento. A pessoa infectada deve separar um cesto e deixa-lo próximo à cama, no quarto onde ficará isolada. O cesto deve estar com um saco. Quando for mudar o saco de lixo, a pessoa que estiver com a doença deve retirar o saco, fecha-lo e pode descarta-lo junto ao lixo comum da casa. Todas as lixeiras devem ser mantidas fechadas.

Cuidados Pessoais:

 Cuidados pessoais de higiene e cuidados com o ambiente se complementam. Lave sempre as mãos, com água e sabão. Se preferir utilize álcool em gel para limpar as mãos. Não reutilize a roupa sem lava-la e evite aglomerações.

Cuidados com a emoção:

O receio de contágio neste momento pode abalar nossa emoção e para evitarmos o medo devemos equilibrar tanto o acesso a informações como o nosso pensamento.

Adotar medidas de prevenção e se manter alerta é natural, mas não podemos deixar que esse cuidado consuma nossas energias. Se você está empenhado em preservar sua saúde e das pessoas, basta fazer a sua parte e conscientizar os outros. Vamos seguir conscientes, responsáveis e com positividade. A Vibracom separou algumas informações para te ajudar.

  • Ao lavar as mãos, encare isso como uma medida de proteção e não como uma obrigação.
  • Deseje muita luz e proteção para quem está cuidando da saúde da população, as equipes médicas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, todos que trabalham em hospitais.
  • A orientação é para nos mantermos separados fisicamente, mas ao mesmo tempo todos estamos focados em um mesmo objetivo e em busca de cura.